Home / Curiosidades / Sapatos que dão água na boca… mas, não são de comer!

Sapatos que dão água na boca… mas, não são de comer!

 

O designer Chris Campbell, de Orlando, nos Estados Unidos, criou uma coleção especial de sapatos de dar água na boca…

 

Isso mesmo!! Suas criações são inspiradas em doces confeitados e são tão realistas que mais parecem aqueles bolos especiais, em formatos inusitados. Mas, não são de comer!

 

Chris Campbell

 

 

O designer Chris Campbell produz sapatos de dar água na boca!

 

 

 

A coleção Shoe Bakery, criada em 2013, tornou-se uma das marcas registradas de Chris Campbell.

 

Os sapatos são feitos um a um, manualmente. Com detalhes tridimensionais extremamente realistas, simulando coberturas cremosas e confeitos coloridos, cada par de sapato leva de três semanas até dois meses para ficar pronto.

Segundo Campbell, muitas encomendas são para uso em eventos temáticos. Mas, muitas clientes são colecionadoras ou simplesmente apreciam propostas diferentes.

 

Shoe-Bakery

 

 

Scarpins com detalhes tridimensionais que simulam coberturas de bolo.

 

 

 

sapatilhas doces

 

 

 

Sapatilhas decoradas como cupcakes com confeitos coloridos.

 

 

 

 

baby

 

 

E que tal este docinho para os pés de uma linda menininha? A Shoe Bakery também tem uma linha baby.

 

 

 

 

Os preços dos modelos femininos variam entre US$ 70 (R$ 245) e R$ 350 (R$ 1.225). As sapatilhas para bebês custam US$ 35 (R$ 122,50). As bolsas saem por US$ 110 (R$ 385) e os chaveiros por US$ 12 (R$ 42).

 

Sobre Ana Bernardinelli

Quem sou eu? Pergunta difícil, até porque ainda não encontrei a resposta. Mas, uma certeza é que desde muito cedo soube que queria escrever. Sobre tudo. Dos tempos em que brincava de “fazer jornal”, com o meu fictício “O Linguarudo”, até meus textos adolescentes em “Penúltima Palavra – porque a última é sempre da diretora”, o periódico da escola, fui confirmando meu desejo. Ainda cursando Jornalismo na Faculdade de Comunicação Social Cásper Líbero, no coração da sempre incrível Av. Paulista, comecei a trabalhar na área. Já formada, passei por emissoras de rádio FM e AM. Também trabalhei em revistas – de automóveis, brinquedos e variedades, além de prestar serviços para empresas e entidades de classe com textos corporativos. Nos últimos anos, fui repórter do mais importante semanário da Zona Norte de São Paulo. Apaixonada por história da arte, cultura pop, música, cinema e literatura, tenho ainda um grande vício. Sim, confesso: sou sapatólatra. Em estágio avançado. E sem esperanças de cura. Simplesmente não resisto ao desejo de buscar novidades e curiosidades sobre este objeto que ultrapassa sua definição e se mistura com tantas emoções. Porque por trás de um belo par de sapatos, há sempre uma grande história. Aqui, no entanto, está a minha terapia! Vocês agora são meus convidados para esta aventura fashion! Ana Bernardinelli

Veja também...

Não basta ser estampado… tem que ser bordado!!

  Para quem gosta de sapatos que fogem do óbvio, com detalhes especiais, esta temporada …

Deixe uma resposta

Conecte-se com:



O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *