Home / Tendências / Sapatos de verniz – o brilho está de volta

Sapatos de verniz – o brilho está de volta

Após longo período afastados das passarelas, calçados e acessórios com acabamento brilhante estão em alta nesta temporada de outono-inverno.

 

preto-verniz-13-cm-sexy-21-sapatos-scarpin-femininos-5791_0

 

 

 

Os sapatos de verniz estão de volta

 

 

 

 

Os primeiros sapatos de verniz surgiram no final do século XVII, mas só eram usados para dançar. Somente a partir do século XIX passaram a fazer parte do cotidiano.

Mas, foi na década de 1980 que obtiveram maior destaque. Na época, marcaram forte presença em coleções inspiradas em temas futuristas e na moda New Wave.

Agora, a tendência volta, resgatando referências tanto ao estilo retrô das décadas de 1920 e 1930, quanto do modernismo pop dos anos de 1980.

 

retro

Sapatos de verniz em estilo retrô são destaque da temporada outono-inverno 2016

 

Além dos modelos em preto, vermelho e nude, há também opções em tons vivos. Mas, o grande destaque é para a clássica combinação entre preto e branco.

preto e branco

A clássica combinação entre preto e branco

 

Versáteis, os sapatos de verniz podem ser usados com qualquer tipo de roupa, em qualquer ocasião. Tudo depende do modelo escolhido e das possíveis combinações. O ideal é combinar as peças brilhantes com roupas de cores neutras. Assim, para o dia a dia, ajudam a destacar o jeans básico. Para a noite, agregam brilho ao visual.

 

sapatos-coloridos

Scarpins coloridos com o brilho do verniz destacam qualquer visual básico

 

O ideal é não exagerar, utilizando uma peça de verniz de cada vez. Se o sapato for mais chamativo, opte por uma bolsa mais simples e vice versa.

Uma dica importante é guardar os calçados de verniz com cuidado. Se possível, coloque os sapatos em saquinhos de TNT, com os pés separados, para que não grudem nem fiquem marcados.

A limpeza deve ser feita somente com um pano umedecido em azeite ou glicerina.

 

 

Sobre Ana Bernardinelli

Quem sou eu? Pergunta difícil, até porque ainda não encontrei a resposta. Mas, uma certeza é que desde muito cedo soube que queria escrever. Sobre tudo. Dos tempos em que brincava de “fazer jornal”, com o meu fictício “O Linguarudo”, até meus textos adolescentes em “Penúltima Palavra – porque a última é sempre da diretora”, o periódico da escola, fui confirmando meu desejo. Ainda cursando Jornalismo na Faculdade de Comunicação Social Cásper Líbero, no coração da sempre incrível Av. Paulista, comecei a trabalhar na área. Já formada, passei por emissoras de rádio FM e AM. Também trabalhei em revistas – de automóveis, brinquedos e variedades, além de prestar serviços para empresas e entidades de classe com textos corporativos. Nos últimos anos, fui repórter do mais importante semanário da Zona Norte de São Paulo. Apaixonada por história da arte, cultura pop, música, cinema e literatura, tenho ainda um grande vício. Sim, confesso: sou sapatólatra. Em estágio avançado. E sem esperanças de cura. Simplesmente não resisto ao desejo de buscar novidades e curiosidades sobre este objeto que ultrapassa sua definição e se mistura com tantas emoções. Porque por trás de um belo par de sapatos, há sempre uma grande história. Aqui, no entanto, está a minha terapia! Vocês agora são meus convidados para esta aventura fashion! Ana Bernardinelli

Veja também...

Não basta ser estampado… tem que ser bordado!!

  Para quem gosta de sapatos que fogem do óbvio, com detalhes especiais, esta temporada …

2 Comentários

  1. Paloma ramos da Silva

    Como faço pra comprar esse salto maravilhoso ?

    • Olá, Paloma!! Tudo bem? Esse modelo é lindo mesmo, não é? Mas, nosso site é apenas informativo, não fazemos vendas… Mas, é uma alegria saber que está curtindo nosso conteúdo!

Deixe uma resposta

Conecte-se com:



O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *