Home / Astros & Estrelas / As botas de Elke Maravilha – a artista sem medo de ousar.  

As botas de Elke Maravilha – a artista sem medo de ousar.  

 

Elke Maravilha foi uma artista sem medo de ousar.

 

Na última terça-feira, 16/8, ela partiu. Não resistiu às complicações de uma cirurgia e faleceu aos 71 anos.

Mas, nos deixou uma bonita lição: o ser humano não nasceu para se limitar rótulos e convenções. Somos muito mais do que isso!

 

 

 

Elke Maravilha – ousadia e um largo sorriso sempre aberto.

 

 

 

No palco e na vida, Elke Maravilha exerceu a liberdade de ser e usar o que bem entendia. Porque cada um é o que é. Porque não há nada errado em ser diferente.

 

Quem passou pelos anos 80 sabe bem o furor que seus figurinos exóticos causavam entre o público quando aparecia em programas populares de televisão…

 

elke_maravilha

Na TV, Elke Maravilha era pura energia!

 

Elke Maravilha adorava botas, especialmente as de cano longo. Sempre com algum toque diferente. E as usava com frequência, em cena ou no dia a dia. Sem medo de ser feliz!

Então, o Nós no Salto não poderia deixar de homenageá-la!

 

Elke 5

 

 

 

Vermelhas.

 

 

Elke 2

 

 

 

Amarelas.

 

 

 

Elke

 

 

 

 

Xadrez, preto e branco.

 

 

 

Elke 7

 

 

 

 

Roxas.

 

 

 

Elke 6

 

 

 

Cor de vinho.

 

 

 

 

Elke 4

 

 

 

 

Multicoloridas.

 

 

 

Elke 3

 

 

 

 

Zebradas.

 

 

 

 

 

Elke Georgievna Grunnupp nasceu em 22 de fevereiro de 1945, em São Petesburgo, na Rússia. Ainda criança, veio para o Brasil com seus pais, para morar em Minas Gerais.

 

Aos 24 anos, começou a trabalhar como modelo. Versátil, também foi secretária, bibliotecária, bancária, professora e tradutora.

 

Elke-Maravilha-modelo

Elke na juventude, como modelo.

 

Mas, a arte falou mais alto. Após fazer cursos de cinema e de teatro, começou a trabalhar como atriz.

O reconhecimento nacional veio de sua participação como jurada nos programas de Sílvio Santos e Chacrinha, nas décadas de 1970 e 1980.

 

Até outro dia, Elke! 

 

“Crianças: conviver é o grande barato da vida, aproveitem”!!!

Elke Maravilha

 

Sobre Ana Bernardinelli

Quem sou eu? Pergunta difícil, até porque ainda não encontrei a resposta. Mas, uma certeza é que desde muito cedo soube que queria escrever. Sobre tudo. Dos tempos em que brincava de “fazer jornal”, com o meu fictício “O Linguarudo”, até meus textos adolescentes em “Penúltima Palavra – porque a última é sempre da diretora”, o periódico da escola, fui confirmando meu desejo. Ainda cursando Jornalismo na Faculdade de Comunicação Social Cásper Líbero, no coração da sempre incrível Av. Paulista, comecei a trabalhar na área. Já formada, passei por emissoras de rádio FM e AM. Também trabalhei em revistas – de automóveis, brinquedos e variedades, além de prestar serviços para empresas e entidades de classe com textos corporativos. Nos últimos anos, fui repórter do mais importante semanário da Zona Norte de São Paulo. Apaixonada por história da arte, cultura pop, música, cinema e literatura, tenho ainda um grande vício. Sim, confesso: sou sapatólatra. Em estágio avançado. E sem esperanças de cura. Simplesmente não resisto ao desejo de buscar novidades e curiosidades sobre este objeto que ultrapassa sua definição e se mistura com tantas emoções. Porque por trás de um belo par de sapatos, há sempre uma grande história. Aqui, no entanto, está a minha terapia! Vocês agora são meus convidados para esta aventura fashion! Ana Bernardinelli

Veja também...

Você conhece todos os tipos de botas?

  Botas são muito mais do que calçados quentinhos… botas são puro estilo!!   Oh, …

One comment

  1. Angelo Bernardinelli

    Bela homenagem! Parabéns pela matéria !

Deixe uma resposta

Conecte-se com:



O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *