Home / Curiosidades / A sabedoria milenar dos pés descalços em casa – limpeza e respeito.

A sabedoria milenar dos pés descalços em casa – limpeza e respeito.

 

Para os orientais, manter os sapatos fora de casa é mais do que uma tradição. A maioria anda descalça ou utiliza pantufas e chinelos na área interna da residência. Sabedoria milenar!

 

Resultado de imagem para pés descalços em casa

Liberdade para os pés dentro de casa!!

 

Quando chegam, eles sempre tiram os sapatos antes de passar pela porta principal. Nesta área, chamada de genkan, eles deixam os calçados alinhados. A ordem ajuda a não atrapalhar a passagem.

 

Os chamados genkan geralmente ficam um degrau abaixo do nível da entrada principal da casa. Na parte superior do degrau, educadamente são disponibilizados chinelos e pantufas também para os visitantes.

 

Essa prática é adotada em muitos lugares públicos, como escolas, restaurantes, clínicas, templos, bibliotecas e hospitais.

 

genkan (3)

No genkan, os sapatos devem ser deixados em ordem, para que não atrapalhem a passagem. Para quem chega, pantufas ou chinelos.

 

Mas isto não é apenas um hábito. É sabedoria milenar. É questão de higiene. Segundo a Agência Nacional de Proteção Ambiental dos Estados Unidos, em uma simples caminhada pela rua, 96% dos calçados entram em contato com germes e bactérias.

 

 

Resultado de imagem para pantufas simples

Pantufas e chinelos de uso exclusivo na parte interna de casa estão liberados!

 

Através de uma pesquisa, a Universidade de Houston constatou que 39% dos sapatos normalmente utilizados nas ruas contém bactérias C. diff (Clostridium difficile), que é resistente a diversos antibióticos.

Um estudo promovido pela Universidade do Arizona, listou nove tipos diferentes de bactérias presentes nas solas de sapatos. E concluiu: a parte inferior do calçado é mais suja do que assentos sanitários.

 

O piso de banheiro público pode conter até 2 milhões de bactérias por polegada quadrada.

 

O dr. Charles Gerba, microbiologista e professor da instituição, fez uma experiência para avaliar o fato. Ele comprou sapatos novos, utilizou-os por apenas duas semanas.

Após este período, neles encontrou 440.000 unidades de bactérias que poderiam provocar, entre outros problemas, pneumonia e infecção respiratória.

Além disso, segundo a Agência de Controle Ambiental de Minessota, os sapatos também podem conter resíduos de produtos químicos como chumbo e mercúrio, que são perigosos e prejudiciais à saúde.

 

Imagem relacionada

 

Além da questão higiênica, os orientais também acreditam que deixar os calçados fora de casa é um gesto de respeito ao lar, considerado um ambiente sagrado.

 

A sujeira, assim como os problemas do dia a dia devem ser deixados do lado de fora.

 

Resultado de imagem para gif genkan

Em casa só devem entrar as coisas e energias boas!

 

 

Sobre Ana Bernardinelli

Quem sou eu? Pergunta difícil, até porque ainda não encontrei a resposta. Mas, uma certeza é que desde muito cedo soube que queria escrever. Sobre tudo. Dos tempos em que brincava de “fazer jornal”, com o meu fictício “O Linguarudo”, até meus textos adolescentes em “Penúltima Palavra – porque a última é sempre da diretora”, o periódico da escola, fui confirmando meu desejo. Ainda cursando Jornalismo na Faculdade de Comunicação Social Cásper Líbero, no coração da sempre incrível Av. Paulista, comecei a trabalhar na área. Já formada, passei por emissoras de rádio FM e AM. Também trabalhei em revistas – de automóveis, brinquedos e variedades, além de prestar serviços para empresas e entidades de classe com textos corporativos. Nos últimos anos, fui repórter do mais importante semanário da Zona Norte de São Paulo. Apaixonada por história da arte, cultura pop, música, cinema e literatura, tenho ainda um grande vício. Sim, confesso: sou sapatólatra. Em estágio avançado. E sem esperanças de cura. Simplesmente não resisto ao desejo de buscar novidades e curiosidades sobre este objeto que ultrapassa sua definição e se mistura com tantas emoções. Porque por trás de um belo par de sapatos, há sempre uma grande história. Aqui, no entanto, está a minha terapia! Vocês agora são meus convidados para esta aventura fashion! Ana Bernardinelli

Veja também...

Melissa + Ipanema = um chinelo confortável e estiloso.

  A Melissa e a Ipanema, duas das mais reconhecidas marcas nacionais de calçados, se …