Home / Curiosidades / A incrível variedade de modelos de calçados femininos

A incrível variedade de modelos de calçados femininos

A variedade de modelos de calçados femininos é realmente incrível. Difícil listar todos eles. Mas, a empresa norte-americana Pop Chart Lab, especializada na criação de arte para quadros, aceitou o desafio e criou um guia com 99 modelos diferentes.

guia-tipos-de-sapatos-femininos2

 

 

 

 

O quadro da Pop Chart Lab apresenta 99 modelos diferentes de modelos de sapatos femininos

 

 

 

Nem é preciso conhecer tantos modelos para encontrar um par ideal, mas é sempre interessante saber um pouco mais sobre o que há no mercado e quais possibilidades estão a nossa disposição.

Aqui, apenas um dicionário básico.

 

Alpargata – Sapato sem salto, confeccionado em lona, com sola de borracha ou corda.

 

alpargatas

 

Anabela – sapatos ou sandálias com salto plataforma, levemente inclinado sob o calcanhar.

Anabelas

 

Ankle boot –  Como seu próprio nome diz (ankle = tornozelo, boot = bota), bota de cano curto, na altura dos tornozelos.

ankle boots

 

Babuche – calçado que cobre somente a parte dos dedos dos pés, deixando os calcanhares de fora.

Babuches

 

Chanel – sapato de bico fino, com abertura no calcanhar, preso ao pé com uma tira que se estende até a parte da frente do pé.

chanel

 

Chinelo – calçado rasteiro despojado que acompanha a forma do pé, preso apenas por tiras sobre os dedos. Podem ser produzido em borracha, PVC, couro, palha, tecido ou plástico.

Chinelos

 

Clog – calçado com solado de madeira ou de material imitando madeira, de aparência pesada. O salto é grosso. A parte da frente pode ser aberta ou fechada, assim como a parte de trás.

Clogs

 

Coturno – bota inspirada nos calçados militares, amarrada com cadarço e solado pesado.

coturno

 

Cuissarde ou bota over the knee – bota 7/8, com cano de altura acima dos joelhos.

Cuissader

 

Espadrille ou espadrilha – sapatos com solado de corda, cortiça ou palha, com a parte superior confeccionada em tecido.

Espadrilles

 

 

Flat – todos os tipos de sapatos rasteiros.

Flats

 

 

Galocha – bota de borracha ou plástico, sem cadarço, semelhante às utilizadas por trabalhadores que precisam de proteção contra a água, como açougueiros e bombeiros.

Galochas

 

 

Gladiadorasandália inspirada nos antigos guerreiros, com muitas tiras que envolvem as pernas, até a altura do tornozelo ou do joelho. Normalmente, os saltos são baixos. Mas, também há versões de salto alto.

Gladiadoras

 

Loafer – sapato baixo que mistura características de mocassins e slippers, sendo mais delicado que o primeiro e mais robusto do que o segundo.

loafers

 

Mary Jane ou sapato boneca – calçado fechado, com o peito do pé à mostra. O bico é arredondado. Os saltos podem ser médios, baixos ou altos. Estes modelos geralmente remetem às tendências retrô.

boneca

 

Pump ou meia pata – sapatos de salto alto, com plataforma na parte da frente. 

Pump ou meia pata

 

Mocassim – inspirado nos calçados dos índios norte-americanos, é um tipo de calçado baixo, de visual rústico. Em geral, é confeccionado em camurça ou couro.
Mocassins

 

Mule – tamanco de bico fino, inspirado nos sapatos de quarto, com a parte da frente totalmente fechada. Os saltos são baixos ou médios.

Mule

 

 

Oxford – inspirado nos tradicionais calçados usados por estudantes da universidade de Oxford, na Inglaterra, são amarrados com cadarço.

Oxford feminino

 

 

Peep toe – como o próprio nome diz (peep = espiar, toe = dedão), é um sapato com uma pequena abertura na parte da frente

peep toe

 

 

Rasteirinha – sandália sem salto mais sofisticadas que chinelos, mas com o mesmo conforto.

Rasteirinha

 

 

 

Sabrina ou sapatilha – inspiradas nos calçados de bailarinas, são calçados fechados sem saltos.

sapatilhas

 

 

Sandália – qualquer calçado aberto, independente da altura do salto.

Sandálias

Sapatênis – versão mais refinada e não esportiva do tênis.

sapatênis

Scarpin – sapato feminino fechado, com somente o peito do pé à mostra. Os saltos são finos e variam de 4 a 10 centímetros.

Scarpins

Sneaker – tênis com salto.

sneaker

Slipper – tipo de mocassim sem costuras, inspirado nos chinelos de pano utilizados dentro de casa.

Slippers

Stiletto – scarpin de salto muito fino, com mais de dez centímetros.

Stiletto

Summer boot ou sandal boot – bota de verão, de cano curto ou longo, com detalhes vazados.


summer boots

Tamanco – calçado preso ao pé somente por uma ou mais tiras sobre o peito do pé.

tamancos

Tênis – calçados para a prática esportiva ou para atividades que exijam conforto e baixo impacto no caminhar.

tênis

T- Strap – sapato preso ao tornozelo, com uma tira atravessando o peito do pé até o cabedal (parte sobre os dedos), formando um T.

T-strap

Ugg bootbota de linhas rústicas, inspiradas nas botas utilizadas na neve. Produzida em material maleável possui forro de pelúcia.

Ugg boots

Wedge – sapatos fechados com salto anabela.

wedges

 

Sobre Ana Bernardinelli

Quem sou eu? Pergunta difícil, até porque ainda não encontrei a resposta. Mas, uma certeza é que desde muito cedo soube que queria escrever. Sobre tudo. Dos tempos em que brincava de “fazer jornal”, com o meu fictício “O Linguarudo”, até meus textos adolescentes em “Penúltima Palavra – porque a última é sempre da diretora”, o periódico da escola, fui confirmando meu desejo. Ainda cursando Jornalismo na Faculdade de Comunicação Social Cásper Líbero, no coração da sempre incrível Av. Paulista, comecei a trabalhar na área. Já formada, passei por emissoras de rádio FM e AM. Também trabalhei em revistas – de automóveis, brinquedos e variedades, além de prestar serviços para empresas e entidades de classe com textos corporativos. Nos últimos anos, fui repórter do mais importante semanário da Zona Norte de São Paulo. Apaixonada por história da arte, cultura pop, música, cinema e literatura, tenho ainda um grande vício. Sim, confesso: sou sapatólatra. Em estágio avançado. E sem esperanças de cura. Simplesmente não resisto ao desejo de buscar novidades e curiosidades sobre este objeto que ultrapassa sua definição e se mistura com tantas emoções. Porque por trás de um belo par de sapatos, há sempre uma grande história. Aqui, no entanto, está a minha terapia! Vocês agora são meus convidados para esta aventura fashion! Ana Bernardinelli

Veja também...

Quem diria… Sandálias gladiadoras são destaque na nova coleção Chanel!

Alguém aqui curte sandálias gladiadoras?   Pergunto isso, porque elas realmente dividem opiniões – o …

Deixe uma resposta

Conecte-se com:



O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *