Home / Curiosidades / A incrível variedade de modelos de calçados femininos

A incrível variedade de modelos de calçados femininos

A variedade de modelos de calçados femininos é realmente incrível. Difícil listar todos eles. Mas, a empresa norte-americana Pop Chart Lab, especializada na criação de arte para quadros, aceitou o desafio e criou um guia com 99 modelos diferentes.

guia-tipos-de-sapatos-femininos2

 

 

 

 

O quadro da Pop Chart Lab apresenta 99 modelos diferentes de modelos de sapatos femininos

 

 

 

Nem é preciso conhecer tantos modelos para encontrar um par ideal, mas é sempre interessante saber um pouco mais sobre o que há no mercado e quais possibilidades estão a nossa disposição.

Aqui, apenas um dicionário básico.

 

Alpargata – Sapato sem salto, confeccionado em lona, com sola de borracha ou corda.

 

alpargatas

 

Anabela – sapatos ou sandálias com salto plataforma, levemente inclinado sob o calcanhar.

Anabelas

 

Ankle boot –  Como seu próprio nome diz (ankle = tornozelo, boot = bota), bota de cano curto, na altura dos tornozelos.

ankle boots

 

Babuche – calçado que cobre somente a parte dos dedos dos pés, deixando os calcanhares de fora.

Babuches

 

Chanel – sapato de bico fino, com abertura no calcanhar, preso ao pé com uma tira que se estende até a parte da frente do pé.

chanel

 

Chinelo – calçado rasteiro despojado que acompanha a forma do pé, preso apenas por tiras sobre os dedos. Podem ser produzido em borracha, PVC, couro, palha, tecido ou plástico.

Chinelos

 

Clog – calçado com solado de madeira ou de material imitando madeira, de aparência pesada. O salto é grosso. A parte da frente pode ser aberta ou fechada, assim como a parte de trás.

Clogs

 

Coturno – bota inspirada nos calçados militares, amarrada com cadarço e solado pesado.

coturno

 

Cuissarde ou bota over the knee – bota 7/8, com cano de altura acima dos joelhos.

Cuissader

 

Espadrille ou espadrilha – sapatos com solado de corda, cortiça ou palha, com a parte superior confeccionada em tecido.

Espadrilles

 

 

Flat – todos os tipos de sapatos rasteiros.

Flats

 

 

Galocha – bota de borracha ou plástico, sem cadarço, semelhante às utilizadas por trabalhadores que precisam de proteção contra a água, como açougueiros e bombeiros.

Galochas

 

 

Gladiadorasandália inspirada nos antigos guerreiros, com muitas tiras que envolvem as pernas, até a altura do tornozelo ou do joelho. Normalmente, os saltos são baixos. Mas, também há versões de salto alto.

Gladiadoras

 

Loafer – sapato baixo que mistura características de mocassins e slippers, sendo mais delicado que o primeiro e mais robusto do que o segundo.

loafers

 

Mary Jane ou sapato boneca – calçado fechado, com o peito do pé à mostra. O bico é arredondado. Os saltos podem ser médios, baixos ou altos. Estes modelos geralmente remetem às tendências retrô.

boneca

 

Pump ou meia pata – sapatos de salto alto, com plataforma na parte da frente. 

Pump ou meia pata

 

Mocassim – inspirado nos calçados dos índios norte-americanos, é um tipo de calçado baixo, de visual rústico. Em geral, é confeccionado em camurça ou couro.
Mocassins

 

Mule – tamanco de bico fino, inspirado nos sapatos de quarto, com a parte da frente totalmente fechada. Os saltos são baixos ou médios.

Mule

 

 

Oxford – inspirado nos tradicionais calçados usados por estudantes da universidade de Oxford, na Inglaterra, são amarrados com cadarço.

Oxford feminino

 

 

Peep toe – como o próprio nome diz (peep = espiar, toe = dedão), é um sapato com uma pequena abertura na parte da frente

peep toe

 

 

Rasteirinha – sandália sem salto mais sofisticadas que chinelos, mas com o mesmo conforto.

Rasteirinha

 

 

 

Sabrina ou sapatilha – inspiradas nos calçados de bailarinas, são calçados fechados sem saltos.

sapatilhas

 

 

Sandália – qualquer calçado aberto, independente da altura do salto.

Sandálias

Sapatênis – versão mais refinada e não esportiva do tênis.

sapatênis

Scarpin – sapato feminino fechado, com somente o peito do pé à mostra. Os saltos são finos e variam de 4 a 10 centímetros.

Scarpins

Sneaker – tênis com salto.

sneaker

Slipper – tipo de mocassim sem costuras, inspirado nos chinelos de pano utilizados dentro de casa.

Slippers

Stiletto – scarpin de salto muito fino, com mais de dez centímetros.

Stiletto

Summer boot ou sandal boot – bota de verão, de cano curto ou longo, com detalhes vazados.


summer boots

Tamanco – calçado preso ao pé somente por uma ou mais tiras sobre o peito do pé.

tamancos

Tênis – calçados para a prática esportiva ou para atividades que exijam conforto e baixo impacto no caminhar.

tênis

T- Strap – sapato preso ao tornozelo, com uma tira atravessando o peito do pé até o cabedal (parte sobre os dedos), formando um T.

T-strap

Ugg bootbota de linhas rústicas, inspiradas nas botas utilizadas na neve. Produzida em material maleável possui forro de pelúcia.

Ugg boots

Wedge – sapatos fechados com salto anabela.

wedges

 

Sobre Ana Bernardinelli

Quem sou eu? Pergunta difícil, até porque ainda não encontrei a resposta. Mas, uma certeza é que desde muito cedo soube que queria escrever. Sobre tudo. Dos tempos em que brincava de “fazer jornal”, com o meu fictício “O Linguarudo”, até meus textos adolescentes em “Penúltima Palavra – porque a última é sempre da diretora”, o periódico da escola, fui confirmando meu desejo. Ainda cursando Jornalismo na Faculdade de Comunicação Social Cásper Líbero, no coração da sempre incrível Av. Paulista, comecei a trabalhar na área. Já formada, passei por emissoras de rádio FM e AM. Também trabalhei em revistas – de automóveis, brinquedos e variedades, além de prestar serviços para empresas e entidades de classe com textos corporativos. Nos últimos anos, fui repórter do mais importante semanário da Zona Norte de São Paulo. Apaixonada por história da arte, cultura pop, música, cinema e literatura, tenho ainda um grande vício. Sim, confesso: sou sapatólatra. Em estágio avançado. E sem esperanças de cura. Simplesmente não resisto ao desejo de buscar novidades e curiosidades sobre este objeto que ultrapassa sua definição e se mistura com tantas emoções. Porque por trás de um belo par de sapatos, há sempre uma grande história. Aqui, no entanto, está a minha terapia! Vocês agora são meus convidados para esta aventura fashion! Ana Bernardinelli

Veja também...

É primavera! E com ela chegam as novidades em sapatos!!

  A primavera chegou!! E que delícia os dias mais iluminados, cheios de cores das …

Deixe uma resposta

Conecte-se com:



O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *